21 de março de 2024

“As mulheres nativas exerceram poder sobre as coisas da casa. Por isso, legaram traços culturais preciosos e de que tanto nos orgulhamos. Na culinária, ingredientes como mandioca, feijão, banana, açaí, castanhas, carnes de caça e de pesca, que basicamente definem a nossa culinária de norte a sul. Não tem um brasileiro que não se orgulha da culinária da própria cidade ou estado. Eu, quando estou longe de casa e quero agradar, vou logo elogiando a comida. Sempre funciona. Também os banhos frequentes. A rede na varanda. A própria relação com o terreiro, o quintal, uma hortinha de que a mulher cuida, bem diferente dos pátios internos à moda moura de Portugal.”

18 de março de 2024

“As mulheres nativas exerceram poder sobre as coisas da casa. Por isso, legaram traços culturais preciosos e de que tanto nos orgulhamos. Na culinária, ingredientes como mandioca, feijão, banana, açaí, castanhas, carnes de caça e de pesca, que basicamente definem a nossa culinária de norte a sul. Não tem um brasileiro que não se orgulha da culinária da própria cidade ou estado. Eu, quando estou longe de casa e quero agradar, vou logo elogiando a comida. Sempre funciona. Também os banhos frequentes. A rede na varanda. A própria relação com o terreiro, o quintal, uma hortinha de que a mulher cuida, bem diferente dos pátios internos à moda moura de Portugal.”

13 de março de 2024

“A história do Rio de Janeiro entrelaça eventos complexos e ao mesmo tempo fascinantes. A sua fundação, associada a triunfos portugueses, carrega a marca da tragédia para os antigos habitantes da região, os tamoios, que, como o nome diz, estavam aqui antes. Acredito que faz bem conhecer a nossa história. Vale a reflexão.”